expressão

Playlist: Sertanejo de todas as cores

Alice Marcone e Gabeu, nomes pioneiros do queernejo, entregam músicas da sofrência ao agito country para curtir nesse verão

por Redação Atualizado em 7 jan 2021, 11h42 - Publicado em 21 dez 2020 00h01

O sertanejo é, sem dúvida, o ritmo mais ouvido no Brasil. De norte a sul, especialmente no interior, modas de viola e a vertente universitária do gênero rendem milhões de plays nos serviços de streaming e também nas rádios brasileiros. Nada mais justo, então, do que uma de nossas playlists para o fim do ano ter essa temática, certo?

Certo, mas nós vamos fazer do nosso jeito. Este ano, contamos aqui na Elástica sobre o queernejo, um novo recorte dentro do sertanejo que tem como protagonistas pessoas LGBTQIA+. Entrevistamos Gabeu, Alice Marcone e Reddy Allor, artistas que estão fazendo barulho com suas letras que misturam influências pop com sofrência, amor e bom humor.

“Alice e eu tentamos dividir 10 faixas de queernejo, apresentando essa nova vertente e esses novos artistas, cada um com sua proposta e sua singularidade, mistura diferentes ritmos. E as outras dez faixas são do sertanejo raiz, o que a gente considera que seja clássico dentro do gênero. Com certeza também são referência para a gente na construção do nosso queernejo”, conta Gabeu.

“Montar essa playlist foi um ótimo exercício de fim de ano. Como aquelas listas que você faz se prometendo coisas pros tempos vindouros, revisitando seu passado e pensando no que poderia ter sido diferente. Pensar essa playlist é olhar pra hinos que fizeram parte do meu passado, que estão aqui hoje em quem eu sou, plantando também o que eu vou fazer. Tantas vezes odeio certas coisas da cultura sertaneja de onde venho. Amo tantas outras. Fazer essa playlist foi como fazer um balanço e olhar o que desse passado merece ficar e o que precisa ser deixado pra trás”, complementa Alice.

Prepara a bota, a fivela, o lencinho e o coração. Tudo pronto? Play.

Continua após a publicidade
Tags Relacionadas
mais de
expressão

Do Heavy Baile ao Drag Race

Por
O carioca Leandro Assis ganhou o mundo com seus letterings coloridos e estilo único. A conquista mais recente? O reality show mais amado do público LGBTQIA+

Edgar e seu tempo de crisálida

Por
Artes plásticas, novo livro, inúmeras lives e um novo álbum pautaram a quarentena do multiartista – e ele conta tudo aqui
Maria-Lucas_Nina-Fachinello_MG_9017-editada

Uma reflexão sobre maiúsculas

Por
Alice Marcone bateu um papo com a escritora Maria Lucas, primeira mulher trans a vencer o concurso Serrote de Ensaísmos, do IMS
2-playlist-bruno

Playlist: Elástica Roots

Por
O jornalista e expert em reggae Bruno Azevedo entrega os melôs e as canções de reggae perfeitas para embalar seu recesso
_RED5164-9

O olhar do estrangeiro

Por
O paulistano Gal Oppido encontrou na cultura japonesa uma afinidade antiga que se desdobra agora em livros e exposição em torno da arte erótica do país