artistas

Ju Russo

ilustração

por Redação Atualizado em 11 ago 2020, 16h43 - Publicado em
5 ago 2020
11h07

 “SE POR UM LADO O MEU TRABALHO SE TRATA DE DESENHAR A CIDADE, o que me motiva verdadeiramente é estar permeável a cidade, conhecer pessoas, observar o caos e colher histórias.O corpo nesse trabalho não pode nunca deixar de ser levado em conta, o corpo da permanência no espaço enquanto desenha, o corpo que me leva pelos caminhos inusitados e labirínticos de São Paulo .

É na rua que que a conexões se estabelecem, e o mais interessante do processo é quando você se permite afetar pelo outro, enxergar, nos detalhes que quase ninguém vê, pequenos milagres.”

Juliana Russo Burgierman nasceu em São Paulo em 1976. Desde 2004, mistura seu trabalho autoral com ilustrações para revistas, jornais e livros. Participou de diversas exposições coletivas e individuais, integrou o projeto Cidades para Pessoas, uma pesquisa de iniciativas para cidades mais humanas, e o grupo Urban Sketchers, que reúne desenhistas de cidades pelo mundo. 

Em 2015, lançou, pela editora Gustavo Gili, o livro gráfico de sua autoria São Paulo Infinita. Dois anos mais tarde, participou da residência artística para a criação da revista Baiacu, editada por Laerte e Angeli e foi selecionada para um encontro de artistas em Varsóvia, na Polônia, e outro em Montenegro.  Em 2019, lançou seu livro Pequenos Acasos Cotidianos: presentes e desastres da vida urbana após ter seu projeto comtemplado pelo edital Rumos do Itaú Cultural edição 2017/2018. Também participou da exposição O Tempo das Coisas com os desenhos originais da publicação.

É criadora do projeto Sala Aberta, um espaço de exposições de desenhos e venda de publicações independentes na sala da sua casa em São Paulo, mas no momento está vivendo em Pirenópolis, Goiás, para se dedicar a uma nova pesquisa a respeito das plantas medicinais e da sabedoria popular trazida pelas raizeras por gerações, além de focar seu trabalho para a criação de uma residência artística que recebe artistas de outras regiões durante todo o ano de 2020 para uma imersão  no cerrado.

Foi contemplada pelo programa Small Grant da instituição Asylum Arts de Nova Iorque e fará uma viagem para Polônia para pesquisa e desenvolvimento do seu próximo livro, O fim e o começo.

-
Juliana Russo/Arquivo
-
Juliana Russo/Arquivo
-
Juliana Russo/Arquivo
-
Juliana Russo/Arquivo
-
Juliana Russo/Arquivo
-
Juliana Russo/Arquivo
-
Juliana Russo/Arquivo
-
Juliana Russo/Arquivo
-
Juliana Russo/Arquivo
Continua após a publicidade

Artistas
–––––

Adoramos todos os artistas que colaboram com a Elástica. Essa página é uma forma de divulgar mais sobre o trabalho de JU RUSSO. Aqui, contribuiu com as reportagens:

Cinco museus em doze meses

Confira mais de seu trabalho aqui ou no Instagram.

Tags Relacionadas
mais de
artistas
RobertoSeba_20170258

Roberto Seba

Por
fotografia
Gustav_Klimt_046

Gustav Klimt

Por
pinturas e desenhos
carangueijo-

João Barreto

Por
ilustração
petala-lopes_IMG_538144

Pétala Lopes

Por
fotografia
1

Ricardo Ampudia

Por
ilustração e colagem